Djalma Pinheiro

Ah, se eu fosse um poeta....

Textos

Amor de um poeta....
 
Deixa eu te ver para servir de colírio aos meus olhos,
Deixa eu te abraçar para que me sinta agasalhado em teus braços,
Deixa eu te beijar e assim sucumbir em sua boca,
Deixa eu te amar para sentir o prazer de teus orgasmos.
 
Este é um amor de poeta
Vivendo sempre no mundo dos sonhos
E sua alegria é sentir que ele te leva também a sonhar corações alheios
Sonhar com amor, carinho
 
E porque também não com a solidão do poeta
Que de tanto difundir o amor, que embala corações
Esquece que também é humano e necessita ser amado
 
Amado em sua plenitude,
Onde suas emoções e amores terminam em uma folha de papel de um bar
 
Por isso é que quero e preciso amar ............
 
 
 Djalma Pinheiro 
 
Djalma Pinheiro
Enviado por Djalma Pinheiro em 22/03/2009
Alterado em 22/03/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras