Djalma Pinheiro

Ah, se eu fosse um poeta....

Textos

Nascer para ser mãe.........
 
 
Vinha o menino da escola rebocando a sua irmã mais nova, rebocando mesmo, pois a empurrava para frente como se estivesse empurrando um carinho de rolimã. Eis que muito der repente a menina grita: PERA AI RAPAZ EU NASCI PARA SER MÃE.
 
 
Que bonito, um espírito já nascer premeditado a ser mãe, a gerar outra vida, pois a mulher já nasce abençoada, mesmo aquelas que por acidentes de percurso não puderam gerar em seu ventre uma vida. Podem apostar guarda em seus corações femininos o instinto materno.
 
O carinho de uma mulher supera a todos os limites. Quando Jesus na cruz clamou ao pai, pedindo que ele nos perdoa-se, quem estava rezando e clamando por Jesus era Maria sua mãe, procurando interceder por ele, mesmo sabendo o que lhe era previsto, mas adianta mãe e mãe, mesmo predestinada a ser do salvador.
 
Tenho até gravado na memória várias passagens do poder de se gritar pela “Mãe”, é o torturado sofrendo na mão do torturador, é o moribundo em seu leito de morte, é o doente clamando cura e a torcida de um time gritando a mãe do Juiz da partida.....
 
Eu por exemplo um antigo socialista militante (botei antigo, porque as amigas só faltam me bater quando falo “um velho socialista”... rsrsr), já passeio por poucas e boas e nas horas do aperto, ou clamava pela Virgem Maria ou pela Dona Orita. A aquela mulher simples que foi a luta, quando enviuvou, com seis filhos o mais novo eu com três anos, e sem nunca ter feito nenhum trabalho fora. Foi encarar tanques e mais tanques de roupa, mas estava ali ao lado de seus rebentos, ensinando e nos dando este legado de honestidade e respeito ao próximo.
 
Que encanto e este que faz de uma mulher ter este instinto materno, desde o seu nascimento, mesmo que em sua vida nunca tenha gerado outra. Que poder é este que passa a nós homens este sentimento de amor. Quer seja o amor a um amigo, a um irmão, a um desconhecido.
 
É pensando assim que aqui rendo minha homenagem ao ser MULHER, pois mãe todas o é, pelo simples fato de terem nascido MULHER, que rogo a todos e principalmente aos homens, que não só as respeitem ou presenteiam em dia especiais, como NATAL, ANIVERSÁRIO, DIA DAS MÃES e etc..... E sim todos os dias de nossas existências, e que nunca nos esquecemos que se não fosse uma delas, não estaria aqui.
 
 
Só uma mulher...........
 
Um ser divino
Um ser com instinto materno
Uma deusa do amor
 
A mulher que briga
A mulher que bate
A mulher que xinga
 
Quando briga, sofre mais que o seu opositor,
Quando bate, sente mais dores de quem apanhou,
Quando xinga, fica mais ofendida que o ofendido
 
Portanto você mulher é puro amor
Que predestinada como é
Ensina-nos a viver e a amar e a difundir o que aprendemos com você
 
Amor....
 
Obrigado a você mulher, nascida para ser amiga, irmã, amante e MÃE
 
FELIZ TODOS OS SEUS DIAS DE VIDA, POIS TODOS ELES SÃO DIAS DAS MÃES
 
 
Djalma Pinheiro


 

 
 
 
 
 
Djalma Pinheiro
Enviado por Djalma Pinheiro em 07/05/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras