Djalma Pinheiro

Ah, se eu fosse um poeta....

E-books
Adalgisa minha Fak...
Autoria: Djalma Pinheiro
Ano: 2017
Tamanho: 345 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Um conto de amor e traições pela Internet... Satírico, romântico e um alerta para os perigos das redes sociais e deste novo vasto mundo d a Internet, Autor Djalma Pinheiro (sua segunda min séariea postada em seis capitulos na sua página do Facebbock com o eandereço: https://www.facebook.com/djalma.pinheiro.9 Participação especial: Poetisa Maura Rizzi

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
SÓ CONTOS
Autoria: Djalma Pinheiro
Ano: 2015
Tamanho: 1 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Autor: Djalma Pinheiro Djalma Pinheiro é um homem comum do povo, que quando pode tenta por no papel o sentimento do ser humano. Costuma dizer que Mario Lago, o define bem: " Fiz o que quis e fiz com paixão, se estava errado ou certo paciência... Não fiquei vendo a banda passar, sempre acompanhei o desfile". Contos: Um amor cigano – O autor neste conto de amor tenta levar aos seus leitores um pouco da tradição cigana. Timidez - Lindo relato do amor de um rapaz tímido. O tropeço – É um relato de seu convívio no dia a dia com dependentes químicos. Todos os anos no Natal o autor escreve um conto que alguns já foram encenados em colégios eles são: Quem não conhece estes contos - Um relato quase que real É Natal ou não? – Talvez o mais lindo conto de Natal escrito pelo autor. Crianças de natal em amizade - Um menino Jesus – Só uma peça de Natal e Convide o dono da festa. São contos baseados em nosso cotidiano onde muitas vezes pelo nosso egoísmo ficamos presos a nós mesmo.

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
Minha namorada
Autoria: Djalma Pinheiro
Ano: 2015
Tamanho: 297 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Minha namorada...... É na realidade um conto de amor de um rapaz que sofria pela separação de sua linda morena sambista....... Roberto andava cabisbaixo pelas ruas sombrias nas noites boemias, pois havia perdido a mulher de seus sonhos Marilena uma linda morena de olhos verdes que a esta altura já estava a abrilhantar as noites parisienses com seu rebolado sambando, pois ela fazia parte de um dos muitos corpos de dança de escolas de samba que vão levar a nossa cultura pelo mudo a fora, muito embora muitos e muitas preferem dizer a cultura da bunda. Autor: Djalma Pinheiro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Site do Escritor criado por Recanto das Letras