Djalma Pinheiro

Ah, se eu fosse um poeta....

Perfil
Djalma Pinheiro é um homem comum do povo, velho socialista (velho é ótimo aos 65 anos... rsrsr), que quando pode tenta por no papel o sentimento do ser humano.

Quando menino pobre de subúrbio, filho de uma lavadeira e de um marmorista, com mais ou menos 12/13 anos, entendeu que tinha que se destacar de alguma forma dos outros meninos (eu era talvez o único pobre da turma e não era nada aparentável, pois alem de usar óculos ainda era cheio de sardas no rosto), e fiz da leitura o meu diferencial e aos 17 anos entrei para a JS (Juventude Socialista), no ano de 68, onde ajudava a escrever manifestos e este gosto para escrever eu persigo ate hoje, mais tem nada um dia eu consigo.... rsrsr

Mario Lago, que me define bem: " Fiz o que quis e fiz com paixão, se estava errado ou certo paciência... Não fiquei vendo a banda passar, sempre acompanhei o desfile".

Meu site: www.djalmapinheiro.recantodasletras.com.br 

Facebook.: https://www.facebook.com/djalma.pinheiro.9   

Comunidade PAPO DE BOTEQUIM COM POESIAS E MPB: https://www.facebook.com/Papo-de-Botequim-com-poesias-e-MPB-478793652292942/timeline/

Página: MESA DE BAR COM POESIA E MPB:  https://www.facebook.com/groups/169700586705163/ 


Academia Mundial de Cultura e Literatura - AMCL – Cadeira:13 – patrono: Vinicius de Moraes

E-livros: Disponíveis gratuitamente em meu site.
 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras