Djalma Pinheiro

Ah, se eu fosse um poeta....

Textos


Pensamentos perdidos...
 
A obra de um Escritor e Poeta é fruto de um sonho acordado...
Djalma Pinheiro.
 
Noite adentro
Barco a deriva na imensidão do mar
Velejo com meus pensamentos em ti.
 
Tento olhar o horizonte,
Não consigo
Pois meus olhos só enxergam  você
Aparecias como uma nuvem
Que ia de dissipando com o vento,
Ias sumindo
Me senti perdido.
 
Perdido em minha louca maneira de te amar
Perdido em meus rabiscos mentais
Nos quais tentava por no papel meu desespero
Pois de tanto te amar
Fiquei perdido
Perdido na imensidão do mar...
 

Faceboock: https://www.facebook.com/djalma.pinheiro.9
Blog: http://poesiaepapodebotequim.blogspot.com.br/
Comunidade: ttps://www.facebook.com/Papo-de-Botequim-com-poesias-MPB-478793652292942/
Pagina do face: https://www.facebook.com/groups/169700586705163/

Academia Mundial de Cultura e Literatura – Cadeira:13 – patrono: Vinicius de Moraes

 
Djalma Pinheiro
Enviado por Djalma Pinheiro em 01/10/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras